Blog do Língua de Aço

Homem mais alto do Brasil remarca cirurgia para amputar perna

Esposa de Ninão, Ezen Caroline, disse que o procedimento foi adiado porque o hospital libera o leito para internação apenas dois dias úteis após o pagamento dos serviços.

O homem mais do Brasil, Joelison Fernandes da Silva, que mede 2,37 metros, precisou remarcar para a próxima terça-feira (7) a cirurgia de amputação da perna direita. Segundo a esposa dele, Ezen Caroline, o procedimento foi adiado porque o hospital libera o leito para internação apenas dois dias úteis após o pagamento dos serviços.

O homem mais do Brasil, Joelison Fernandes da Silva, que mede 2,37 metros, precisou remarcar para a próxima terça-feira (7) a cirurgia de amputação da perna direita. Segundo a esposa dele, Ezen Caroline, o procedimento foi adiado porque o hospital libera o leito para internação apenas dois dias úteis após o pagamento dos serviços.

Ninão, como Joelison é conhecido, precisa amputar a perna por causa de uma ostomielite – doença infecciosa que atinge os ossos – diagnosticada há cerca de quatro anos. A amputação é indicada porque o paraibano, que tem 36 anos, já não consegue andar nem ficar de pé.

Homem mais alto do Brasil, Joelison Fernandes da Silva, deixou de andar há mais de 4 anos — Foto: Joelison Fernandes da Silva/Arquivo pessoal

Já na segunda-feira (6), ele viaja de Assunção, cidade do Sertão paraibano em que mora com a família, para Campina Grande, onde fica localizado o hospital em que a cirurgia será feita. No mesmo dia, ele será internado e deve começar a preparação para o procedimento cirúrgico.

Pesando mais de 200 quilos, mesmo tendo se acostumado a fazer as atividades diárias com o suporte da cadeira de rodas, ele explicou que “a maior dificuldade agora é a locomoção por dentro da casa”.

Williams Soares

Adicionar Comentário

Notícias Mais Recentes