Blog do Língua de Aço

Pior chuva em 60 anos na China deixa ao menos 25 mortos e milhares de desabrigados

Segundo meteorologistas, nível de precipitação dos últimos quatro dias quase alcançou o previsto para o ano todo

Ao menos 25 pessoas morreram na China em decorrência do que os meteorologistas definiram como as piores chuvas em 60 anos em Zhengzhou, capital da província de Henan, na região central do país.

Vídeos publicados nas redes sociais na noite desta terça-feira (20) mostram passageiros presos em um vagão de metrô alagado. Ao menos 12 pessoas morreram, e mais de 500 precisaram ser resgatadas por serviços de emergência. De acordo com relatos, os socorristas tiveram que abrir o teto de um vagão para retirar, um a um, os passageiros.

Outras seis mortes foram confirmadas em Gongyi, segundo a imprensa chinesa. Casas e outras estruturas da cidade —que, assim como Zhengzhou, fica às margens do rio Amarelo— desabaram devido às chuvas. O número total de mortos chegou a 25 e há pelo menos sete desaparecidos.

Em outra publicação na internet, um usuário disse que, no vagão em que ficou preso, a água atingiu a altura do seu peito, mas o que mais o assustava era a diminuição do suprimento de ar dentro do metrô.

Devido à intensidade das chuvas nos últimos dias, as autoridades de Zhengzhou, que tem mais de 12 milhões de habitantes (população semelhante a da cidade de São Paulo) e fica a cerca de 650 km de Pequim, interromperam a circulação de ônibus, o que levou um número maior de pessoas a optarem pelo metrô.

Williams Soares

Adicionar Comentário